Categorias
Coronavírus COVID-19

Enquanto Covid-19 continua, os brasileiros abandonam quarentena

Os casos de coronavírus continuam a se expandir e a circulação de pessoas cresce entre 30% e 93% no país

Apesar do crescimento acelerado dos casos do Covid-19 – mais de mil novas mortes registradas diariamente – os brasileiros estão deixando a quarentena para trás.

Em todos os estados, a circulação de pessoas aumentou 30% entre março e julho, de acordo com dados obtidos pelo Google.

No Amazonas, o movimento atingiu 93% em quatro meses: de uma queda de 45% nos locais de trabalho em março para uma redução de apenas 3% na semana passada – ou seja, agora é praticamente igual ao período anterior à pandemia.

O aumento da circulação ocorre quando o Amapá é o único estado com ritmo de contágio mais lento, indicou sexta-feira pelo Ministério da Saúde.

Especialistas afirmam que o aumento da circulação pode prolongar o alto número de novos casos e mortes.

Além do Amazonas, Maranhão, Pará, Tocantins e Mato Grosso do Sul mediram o movimento no local de trabalho próximo aos níveis anteriores à pandemia.

Segundo esses especialistas, um dos problemas do país, além das vastas desigualdades regionais e locais, foi a falta de liderança central para enviar uma mensagem sobre como lidar com a nova pandemia de coronavírus.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) minimiza o perigo do vírus desde março. Ele disse que a atividade econômica deve ser uma prioridade.

Sair da quarentena enquanto o Covid-19 ainda está em expansão é diferente do que foi feito nos países mais afetados da Europa, como Itália e Espanha.